Justiça

Assistente virtual facilita atendimento na Vara da Interesses Difusos e Coletivos de São Luís.

A Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís disponibilizou aos jurisdicionados um assistente virtual, canal automatizado com vários serviços, funcionando 24h, e que pode ser acessado do celular ou de qualquer computador ligado à internet. O acesso é feito no link https://forms.gle/FQyHmgMaprZLEC5X8. Ao entrar em contato com o WhatsApp da unidade (98 3194-5690) o usuário também recebe automaticamente o link.

No assistente virtual são oferecidos os serviços de consulta de processos físicos e eletrônicos; acesso a link de audiência em processo por videoconferência, à pauta de audiências da unidade judiciária; solicitação de atendimento por videoconferência e de andamento processual; certidões; migração do processo físico para o eletrônico; entre outros. Também podem ser feitos elogios, críticas e sugestões para a unidade.

O interessado pode, ainda, pelo assistente virtual, cadastrar organizações não governamentais e protetores independentes, com relevante número de animais sob tutela, para participar do Projeto de Controle Populacional de Cães e Gatos nas cidades de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. O cadastro é feito pela Vara de Interesses Difusos e Coletivos e o interessado deve acessar o assistente e responder algumas perguntas  como nome completo do protetor ou organização com endereço de atuação, número de animais sob tutela, entre outras.

O secretário da Vara de Interesses Difusos, Miguel Moyses, afirmou que o serviço está facilitando muito o atendimento às partes e advogados porque, por ser um serviço automatizado, o próprio sistema já oferece as informações sem a necessidade da intervenção de um servidor da unidade judiciária e também por funcionar 24h.Ele disse que o serviço, implantado de forma gratuita, foi idealizado pelos servidores da Vara e será repassado em forma de colaboração para outras unidades. Miguel Moyses informou, ainda, que algumas secretarias judiciais demonstraram interesse em utilizar o assistente virtual em suas unidades.

A Vara de Interesses Difusos, que tem como titular o juiz Douglas de Melo Martins, vem utilizando outras ferramentas tecnológicas durante a pandemia, em que o atendimento remoto foi priorizado no Judiciário Maranhense. Já usa o QR Code para acesso das partes processuais às salas de audiência por videoconferência. Essa tecnologia foi usada para a lista de presença dos participantes da audiência semipresencial que ocorreu no início deste mês de fevereiro, no processo proposto pela Defensoria Pública do Estado do Maranhão,  para adoção de medidas de restrição total das atividades sociais e comerciais não essenciais, em razão da pandemia de Covid-19, em todos os municípios maranhenses.

Outra ferramenta implementada é o WhatsApp Business  (98 3194-5690) para facilitar o atendimento às partes, quando os recursos que o usuário precisa não está disponível no assistente virtual, e atende de segunda a sexta-feira, no horário de funcionamento do Judiciário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *