CLUBE MAIS DIGA ONDE TEM, resgate cupons, colete selos, consiga pontos e ganhe recompensas. Baixe o aplicativo!

Politica

Bateu o desespero: Dutra “solta os cachorros” acusa o Ministério Público de está perseguindo a ele e Núbia Dutra.

Depois da ação grupo Gaeco que cumpriu mandados de busca e apreensão em locais considerados suspeitos de corrupção da prefeitura de paço lumiar, bateu um desespero no prefeito que saiu atacando a promotora Gabriela Tavernard igualzinho como faz em seus atos políticos quando tentar manipular as pessoas para ficarem do seu lado, e nessas ocasiões sempre veste o manto da perseguição, procurando esconder seus possíveis deslizes reforçado na couraça de um político de reputação ilibada, situação que está longe de ser verídica.

Só porque em alguns momentos atendeu pedidos de envios de documentos para o MP, Dutra achou que esse gesto seria o suficiente para não despertar avanço nas investigações dos órgãos de combate a corrupção na justiça estadual.

 Ao longo dos anos de 2017, 2018, e 2019, a 1ª PJPLU expediu aproximadamente 2.000 (dois mil) ofícios, de forma direta ou indireta, requisitando da Administração informações, documentos, cópias de processos, sobretudo, processos de licitação.        Desse montante absurdo de requisições expedidas pela 1ª PJPLU, o município de Paço do Lumiar já atendeu mais de 90% (noventa por cento) da demanda solicitada, buscando, dessa forma, demonstrar respeito à Instituição do Ministério Público. (Domingos Dutra)

Se Dutra e Núbia desejam ser inocentados, tem de provar por A mais B que nunca desviou um centavo da prefeitura de Paço do Lumiar. Não adianta querer se vitimizar e nem querer tirar onda de coitadinho ou de bonzinho. Ele e sua mulher, a super secretária Núbia Dutra só tem de provar que nunca roubaram nada na gestão pública do município.

Ao MP cabe o papel de fiscalizar e denunciar na justiça, papel este abdicado pela câmara municipal, que hoje parece dormir em “berço esplêndido”, parecendo não se incomodar com nada que afeta o combalido município de Paço do Lumiar. O prefeito chega ao extremo de dizer que as ações da promotora se caracterizam a uma perseguição a ele e sua amada esposa.

 

O município de Paço do Lumiar foi surpreendido com procedimento de  busca e apreensão realizado pelo GAECO, coordenado pela 1ª PJPLU, cujo procedimento entendemos inteiramente desnecessário diante do pronto atendimento às centenas de requisições levadas a efeito, o que me leva a concluir que os objetivos da Senhora Promotora vão além do cumprimento de seu dever legal e, sobretudo, do atendimento ao interesse público para alcançar a desmoralização gratuita da pessoa desse gestor e de sua esposa Núbia Dutra.  Reforça essa ideia de desmoralização gratuita da minha pessoa e da Dra. Núbia.

 

Dutra que sempre soube como usar a imprensa dessa vez se queixou que as reportagens exibidas pelos veículos de comunicações locais, nacionais e internacionais deixaram ele vulnerável.

“A imprensa nacional ter divulgado às escancaras detalhes da ação levada a efeito, inclusive, com entrevista da Senhora Promotora, divulgando fotos do interior de minha residência e da Dra. Núbia Dutra, colocando a minha família em estado de vulnerabilidade”. (Domingos Dutra)

 

 

Dutra encerra sua nota dizendo que vai adotar medidas para fazer a promotora pagar por tudo que tem feito a ele e sua amada esposa.

Domingos Dutra: estou avaliando as providências a serem adotadas perante os órgãos de controle do Ministério Público e eventuais ações administrativas e judiciais diante de tão desproporcional e temerária conduta da Senhora Gabriela Tavernard, visando coibir ações dessa natureza a revelarem nítido cunho político com inescondível objetivo de desgastar e de desmoralizar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CLUBE MAIS DIGA ONDE TEM, resgate cupons, colete selos, consiga pontos e ganhe recompensas. Baixe o aplicativo!