Politica

Cézar Bombeiro pedirá posicionamento da Câmara sobre paralisações de coletivos.

O vereador Cézar Bombeiro vem acompanhando as constantes paralisações de 
coletivos decorrentes de desentendimentos entre empresários e 
trabalhadores, em que o cerne da problemática trata-se dos salários e 
outros direitos assegurados através de convenção coletiva, que não estão 
sendo honrados dentro dos prazos previstos.

Cézar Bombeiro destaca que em face dos desentendimentos entre 
empresários e trabalhadores, quem acaba sendo altamente prejudicada é a 
população que nada tem a ver os conflitos e acaba sendo altamente 
penalizada e impedida no seu direito de ir a vir em transportes 
coletivos.

O vereador irá propor uma audiência pública no legislativo municipal 
para que seja feito um amplo esclarecimento sobre o fato, inclusive 
sobre a questão de crise financeira que várias empresas estariam 
atravessando e que não conseguem honrar seus compromissos em dia, muito 
embora a questão não conste de qualquer discussão na concorrência 
pública dos transportes coletivos.

O vereador destaca que a necessidade de um amplo debate sobre a questão 
no legislativo municipal, que poderá servir de embasamento para uma 
revisão na concorrência pública e retirar do mercado quem não tem 
competência para se estabelecer, afirma Cézar Bombeiro.

“O que não pode é se tentar arguir uma crise financeira como iniciativa 
para buscar aumento de tarifa. Tal pretensão é abominável e não merece 
qualquer tipo de avaliação. A população já paga uma passagem cara e não 
vai suportar qualquer tipo de reajuste. Vou conversar com o vereador 
Osmar Filho, presidente da Câmara Municipal para que seja formada uma 
comissão com vistas a conversar com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior e 
pedir a adoção de sanções penais, como multas para as empresas que 
possibilitarem paralisações e outros transtornos a população”, destacou 
o líder do PSD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *