Justiça

NOTA CEMAR – Decisão judicial do Tribunal de Justiça sobre caso da criança com paralisia cerebral

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Cemar informa que já tomou ciência da decisão judicial em questão e, já havia efetuado a instalação de um medidor exclusivo para o consumo de energia elétrica dos equipamentos médicos na residência citada.

A Companhia teve ainda, o reconhecimento do Tribunal de Justiça do Maranhão de que a responsabilidade em assegurar a proteção do cidadão enfermo é do Estado, ao qual caberá custear com o pagamento do consumo de energia elétrica excedente, correspondente aos equipamentos, conforme divulgado na decisão.

 Assessoria de Imprensa Cemar

Relembre o caso:

CRIANÇA COM PARALISIA | Decisão determina que Cemar instale medidor e Estado custeie contas de energia de equipamentos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *