Educação

Secretário Felipe Camarão recebe ex-prefeito de Sobral, Veveu Arruda, na Seduc

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, recebeu nesta terça-feira (18), na sede da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o ex-prefeito do município de Sobral (CE), Veveu Arruda, que veio trocar experiências sobre as ações em desenvolvimento no estado na área educacional, por meio do Escola Digna, e tratar sobre parceria entre o Governo do Estado e a Associação Bem Comum em favor da alfabetização na idade certa.

O ex-prefeito parabenizou a atuação do Governo do Estado, no trabalho que vem executando por meio do regime de colaboração com os municípios, com o objetivo de melhorar os indicadores educacionais nas redes municipais e estadual.

CLUBE MAIS DIGA ONDE TEM, resgate cupons, colete selos, consiga pontos e ganhe recompensas. Baixe o aplicativo!

“Nós sabemos que o Brasil vive uma tragédia silenciosa, muito perversa e que alcança as crianças do país inteiro. 55% das crianças que deveriam estar alfabetizadas, hoje são analfabetas dentro das salas de aulas das escolas brasileiras. Essa realidade está presente em todo o país, inclusive aqui no Maranhão, contudo fico muito entusiasmado quando percebo que o Governo do Estado reconhece esse desafio, identifica que tem esse problema e resolve tomar providências para superar esse problema, que é nacional, com o trabalho de regime de colaboração”, pontuou Veveu.

O secretário Felipe Camarão destaca que o trabalho desenvolvido na rede pública de Sobral é referência para o país inteiro e conversar com o ex-prefeito e trocar experiências com o que o Maranhão vem desenvolvendo no Estado por meio do Escola Digna, só fortalece o regime de colaboração.

“Veveu Arruda é notório em todo o Brasil, pelo trabalho que executou na rede pública de Sobral. É sempre muito gratificante trocar experiências com ele e recebê-lo aqui em nossa Secretaria. Com toda certeza, teremos muitas novidades futuras para fortalecer o regime de colaboração que temos com os municípios maranhenses”, declarou o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *