Cotidiano

Tarifas do transporte urbano de São Luís serão reajustadas neste sábado (26).

Com o reajuste, as linhas integradas passam a custar R$ 3,40 e as não integradas R$ 2,95; mesmo com mudança de preço, tarifa da capital continua sendo uma das mais baratas do país e a segunda menor do Nordeste

A partir das 0h deste sábado (26), os preços das tarifas de ônibus do sistema de transporte urbano de São Luís serão reajustados. A passagem das linhas integradas em São Luís passa para R$ 3,40 e as não integradas para R$ 2,95. O reajuste tarifário atende às regras do edital de licitação.

“O reajuste concedido ficou abaixo do que solicitavam os consórcios que operam o serviço de transporte urbano na capital e foram aplicados com base em regras contratuais que levam em consideração os custos de mão de obra, preço dos combustíveis e outros insumos e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), entre outros”, disse o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros destacando ainda que o São Luís segue como uma das capitais brasileiras com menor tarifa do transporte urbano coletivo, sendo a segunda mais barata do Nordeste.

Atualmente, o sistema de transporte urbano de São Luís possui 171 linhas, sendo 144 integradas e 27 não integradas. A frota circulante é de 837 veículos e atende uma média diária de 500 mil passageiros. Desde 2016, quando a Prefeitura concluiu a Licitação do Transporte Público de São Luís, 638 ônibus novos foram inseridos no sistema de transporte urbano da capital, sendo 275 climatizados e 21 articulados.

O número coloca São Luís como uma das capitais do país proporcionalmente com a maior frota licitada com ar-condicionado do Brasil. Além disso, a capital maranhense tem 100% da frota adaptada para acessibilidade. Com os investimentos, 76% da frota circulante foi renovada, reduzindo de 10 anos para 4,5 anos a idade da frota urbana na capital maranhense.

Além dos investimentos na frota, o poder público municipal investiu em ações como implantação de GPS em todos os ônibus do sistema, o que garantiu a oferta serviços como Bilhete Único, Cartão Criança, Recarga Embarcada e a criação do aplicativo “Meu Ônibus”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *